Published by fernanda on 22 Sep 2009

Construir sobre o antigo

Meu interesse pelo patrimônio edificado sempre foi grande e assuntos de revitalização sempre me chamam a atenção.

No Plataforma Arquitectura, um site chileno, saiu hoje um post sobre um bairro de Berlin, o Kreuzberg. Lá, o escritório MAB Architekten está responsável pela renovação e pela adaptação de várias edificações da área.

Vale a pena conferir aqui. Em espanhol.

Published by fernanda on 21 Sep 2009

Dia da Cor

No dia 21 de setembro, data que começa a primavera e, agora, é o dia da cor serão promovidas palestras pela Associação Pró-Cor do Brasil. Essas palestras tem o objetivo de evidenciar a importância do uso das cores.

A associação surgiu como uma proposta de profissionais de diversos setores que consideram importante a existência de uam entidade para incentivar o estudo e a difusão de conhecimento da cor.

Me parece uma idéia interessante, já que consciente ou incosncientemente, já sabemos que as cores influenciam de alguma forma nosso humor.

Via Casa Abril.

Published by fernanda on 12 Sep 2009

Subúrbios da Imaginação de Ross Racine

Essas imagens são incríveis! O artista Ross Racine tem uma extensiva série de projetos urbanísticos que ele desenhou a mão livre no computador. Os layouts vão além da imaginação e são, no mínimo, interessantes, mas mais ainda, são desafios para o olhar.

Greenfield Lakes

Veja o site do artista aqui.

Via Core 77.

Published by fernanda on 11 Sep 2009

Qual o significado das cores?

Ontem no site, carsonified.com/blog/, tinha um artigo interessante sobre o funcionamento das cores e o que elas representam. Esse artigo foi escrito por Rob Mills e tem tradução livre minha.

—————-

Cor é uma poderosa e importante ferramenta de comunicação e está relacionada a influências religiosas, culturais, políticas e sociais.

Parando para considerar o que cada cor representa e conectada no “mundo real”, nós podemos tomar decisões educadas de design que assegura o apelo para o público alvo. Sem essas considerações, nós podemos correr o risco de ofender as variadas pessoas que fazemos projetos.

1 – Cor afeta seu humor

A maioria de nós tem uma cor favorita ou prefere algumas cores em vez de outras. Isso é porque pode afetar seu humor se nos cercamos de cores que tem um impacto positivo no seu.

Vermelho pode elevar sua energia, amarelo pode fazer a pessoa se sentir mais feliz e o azul está provado que baixa a pressão arterial, desacelera o coração, o que, por isso, essa cor está associada com relaxamento. Se você combina a felicidade do amarelo e a sensação relaxante do azul, você tem o verde, uma cor agradável para muitas pessoas.

Unidades de saúde mental são conhecidas por usar tons pastéis nas suas paredes para que os pacientes fiquem calmos, felizes e relaxados. Paredes beges com pigmento rosa combinadas com pisos verde menta são uma combinação popular que dizem que cria uma área de silêncio, harmônica e calma. No outro lado do espectro, literalmente, as escolas tem a tendência de usar cores vivas que tem apelo para as crianças.

Quando escolher as cores para o seu próximo trabalho de design, é importante considerar como elas irão combinar entre si, com os outros elementos e que impacto terá no humor do público-alvo.

2 – Cor comunica significado

Wassily Kandinsky foi um dos primeiros pioneiros na teoria da cor. Um renomado pintor russo e teórico da arte, ele é freqüentemente considerado o fundador da pintura abstrata. Kandinsky acreditava que as seguintes cores comunicavam as seguintes qualidades:

- amarelo – calor, excitamento, alegria

- azul – profundo, tranqüilo, supranatural

- verde – paz, quietude, natureza

- branco – harmonia, silêncio, limpeza

- preto – luto, escuro, desconhecido

- vermelho – brilhante, confidente, vivo

- laranja – radiante, saúde, seriedade

3 – Cor tem significado cultural

Diferentes cores têm diferentes significados em lugares diferentes. Isso é extremamente importante os designers saberem, porque sem essa consciência da significância cultural de uma cor em particular, eles correm o risco de ofender todo um público-alvo.

Roxo, por exemplo, é a cor do luto na Tailândia. Na cultura ocidental, no entanto, está associada à realeza, ao luxo, à riqueza e, às vezes, à mágica. A cor da marca da Thai Airways é roxa. Em um primeiro momento, isso parece um grande erro da parte deles, porque, como mencionado acima, roxo é a cor do luto na Tailândia. Isso se deve, provavelmente, ao site não ter como alvo os turistas locais, mas sim, os estrangeiros. Então, se ocidentais virem o site e verem o roxo, eles associarão a Thai Airways a valores como luxo e conforto.

Outros exemplos são:

- Na cultura ocidental, preto é a cor do luto

- No Japão, no entanto, é a cor da honra e a cor do luto é o branco

- Vermelho, no ocidente, representa perigo, amor, paixão

- Na Índia, é a cor do puro, na China é a cor da boa sorte e na África do Sul é a cor do luto

- Amarelo representa coragem no Japão, luto no Egito e esperança no Ocidente.

4 – A cor pode ser inspirada no nosso ambiente

Nós vivemos em um mundo colorido, um mundo perfeito para acionar a inspiração de um designer. A melhor coisa de olhar para o ambiente como forma de buscar soluções para o design é que a paleta de cores está sempre mudando: de laranjas outonais para azuis e frios invernos. Então, o que melhor do que olhar pela janela, absorver as cores e aplicar nos seus projetos.

Trazer a inspiração da natureza para seus projetos também faz você olhar para o mundo com outros olhos. Normalmente, nós corremos de um lugar para outro, mas nós só percebemos os detalhes e descobrimos jóias, quando paramos para olhar com calma.

5 – Cor tem associações com a política

Partidos políticos são associados com cores. Dependendo onde seu alvo está isso se provará um valioso instrumento de projeto.

A associação entre partidos políticos e cores não é nova, mas geralmente não é levado a sério. No Reino Unido, por exemplo, existem as seguintes associações:

- Trabalhista – vermelho

- Conservadores – azul

- Democratas liberais – amarelo

- Partido verde – verde

Se uma cor é representativa para um partido político, então os valores e comportamentos daquele partido são conhecidos por poder sugestionar através do uso das cores:

- Vermelho é associado freqüentemente com o socialismo e o comunismo

- Branco está associado ao pacifismo e bandeira de rendição. Em contraste a isso, preto é a cor que é usada para representar a anarquia.

- A classe nazista trabalhista é associada à cor marrom.

Um design com uma dessas cores dominantes pode passar a idéia de preferências de direita ou de preferências de esquerda ou de comportamentos extremistas.

6 – Religião pode ser associada com cores

Como na política, algumas cores são representativas para algumas religiões. Então, para não ofender alguém sem querer com os nossos designs, alguns exemplos de cor/religião:

- Verde é considerada a cor sagrada do Islã.

- Judaísmo é representado pela cor amarela.

- No Hinduísmo, muitos deuses têm pele azul.

- Branco está associado à paz em muitas religiões.

Claro, isso só pode ser necessário se você está fazendo algum site específico que esteja associado a alguma religião, mas também enfatiza que um conhecimento específico sobre seu público-alvo faz parte do processo de design.

7 – A idade afeta a preferência das pessoas em cores

O expert em cores, Faber Birren, desenvolveu muitos estudos nessa área e, no seu livro “Color Psycology and Color Therapy”, ele afirma que para ambos os sexos, azul e vermelho “mantém a maior preferência ao longo da vida”. Ele descobriu que amarelo é popular com crianças, mas, conforme elas vão crescendo, vai perdendo a preferência. Birren descobriu que “com a maturidade vem um maior gosto por tons de menor comprimento de onda (azul, verde, roxo) que por tons de maior comprimento de onda (vermelho, laranja e amarelo)”.

Outro fator que influencia a preferência por cores, é que, através do tempo, ocorrerão mudanças sociais e culturais que podem fazer você mudar as suas cores favoritas. Algum conhecimento de que cores atinge certa faixa de idade pode ser valioso para os designers. Se você está fazendo um site para a uma loja de brinquedos ou um canal de TV para crianças, então saber as suas preferências por cores vivas e, em especial, o amarelo pode ajudá-lo nas suas decisões de projeto.

Igualmente, se você faz um site para uma associação de caridade, na qual a audiência é uma geração mais velha, o azul, o verde e o roxo podem ser ideais, baseado nos estudos de Birren.

Cor é um assunto complexo com muitas vertentes e tem o poder de, subliminarmente, transmitir valores e histórias.

Published by fernanda on 04 Sep 2009

AGAS 2009

Post meio atrasado, mas vamos lá.

A Expoagas já é uma feira consagrada aqui no Rio Grande do Sul por proporcionar gandes negócios no setor supermercadista há 27 anos.

Nesse ano de 2009, aconteceu nos dias 25,26 e 27 de agosto na FIERGS em Porto Alegre e foi um grande sucesso. Segundo o site da AGAS, a feira encerrou essa edição com R$ 234 milhões em vendas, o que representa uma venda média de R$ 731 mil por empresa expositora.

Published by fernanda on 01 Sep 2009

DesDesconferência?

No feed do site Espaço.com aparece a seguinte chamada: 1º DesDesconferência Experimental.

O que é uma desconferência? Aparentemente, essa maneira informal de reunir pessoas tem dado bastante certo.

Essa forma de apresentação de assuntos de interesses seguem alguns princípios:

“Os princípios que guiam uma desconferência são diretamente influenciados pelo trabalho do autor e consultor Harrison Owen, que descreve um método de organizar grupos de interação, chamado Open Space Technology.

Owen em seu artigo “Opening Space for Emerging Order”, explica os Quatro Princípios do Open Space:

1) Seja quem for que veio, é a pessoa certa;

2) O que quer que aconteça, é apenas aquilo que deveria ter acontecido;

3) Quando quer que comece é na hora certa;

4) Quando acaba, acabou;

E acompanhando a Lei dos Dois Pés afirmando que, “Se a qualquer momento você encontra-se em qualquer situação onde você não estiver nem aprendendo ou contribuindo – use seus dois pés e dirija-se para um lugar mais ao seu gosto”.”

Então, baseado nisso, o pessoal do Espaço.com resolveu propor uma DesDesconferência – DDX: um modelo híbrido entre desconferência e mesa redonda para discutir a influência do Design no Comportamento Humano sob a perspectiva da Ética, Cultura, Psicologia ou Política.

Mais informações no site do Espaço.com ou Instituto Faber Ludens.

Via Espaço.com.

Published by fernanda on 31 Aug 2009

Filme inspiração

Ontem, no Arch Daily saiu um post sobre personagens arquitetos em filmes. Mas o que me deixou mais empolgada, foi a possibilidade de achar o filme que eu vi quando tinha 17 anos e me ajudou a escolher essa carreira.

Foi em algum canal cultural, em um daqueles programas educativos sobre a escolha da carreira. No fim do programa, eles passaram um filme em preto e branco que me deixou perplexa e decidida a fazer Arquitetura. O problema é que não me lembro do nome! As únicas coisas que me lembro é que a história era algo do tipo: arquiteto além de seu tempo tenta construir projetos modernistas, mas a influência dos corretores imobiliários é mais forte e impõe um estilo neoclássico ultrapassado. Ele, para acabar com isso, resolve explodir um desses prédios que tem o projeto original dele. (Extremamente passional, eu sei. Coisa de adolescente, :D )

Bom, olhando a lista, aparece dois filmes em preto e branco: Fountainhead e 12 Angry Man, mas pelo o que eu pude pesquisar, não é nenhum deles.

De qualquer forma, aí vai o link para o post via Arch Daily.

Outro link: Mirage Studio 7.

Published by fernanda on 28 Aug 2009

Lei de Murphy aplicada ao design – viaDesigner Daily

Tradução livre - via Designer Daily.

Se você conhece a internet a algum tempo, tem chance de você conhecer a Lei de Murphy. Para quem não sabe, aqui está o link da Wikipedia para ajudar você. Se tens preguiça de clicar no link, a Lei de Murphy diz basicamente que “se alguma coisa pode dar errado, ela dará errado”.

Baseado nas “minhas experiências”, eu compartilho aqui algumas leis de Murphy relaciodas ao design. Se tiverem mais algumas, favor adcionar as suas nos comentários.

Se você tem 10 minutos para imprimir um trabalho antes de uma reunião com o cliente, vai acabar a      tinta da impressora.

Quando acaba a tinta da impressora e você está com pressa, você não tem nenhum cartucho para substiuir.

Não importa o tamanho do logo, não será suficiente para seu cliente.

Se seu tema do Wordpress valida, você instalará um plugin que dará conflito com a validação.

Se você tem muito trabalho, um cliente que você não vê a tempos irá entrar em contato e está com pressa.

Se você não faz seu website funcionar em IE6 antes de mostrar para seu cliente, ele estará usando o IE6.

Published by fernanda on 22 Apr 2009

Dicas de como melhorar sua casa com pouco #01

Pode parecer meio óbvio o que vou dizer aqui, mas às vezes as melhores idéias vem das coisas mais simples.

Então vamos lá, dica #01: rearranje os móveis. A localização dos móveis delimitam a área trazendo uma sensação “x” para aquele cômodo. Mudá-los de lugar, trará uma nova percepção do espaço.

Published by fernanda on 02 Apr 2009

Interconnectivity

“The concept can be summarized as that all parts of a system interact with and rely on one another simply by the fact that they occupy the same system, and that a system is difficult or sometimes impossible to analyze through its individual parts considered alone. The concept is closely linked to the Observer effect and the butterfly effect.

O conceito pode ser resumido como se todas as peças de um sistema interajam e dependam um outro apenas pelo fato de que eles ocupam o mesmo sistema, e que um sistema é difícil ou, por vezes, impossível de analisar através das suas partes individuais, considerados isoladamente. O conceito está intimamente relacionado com a observação do efeito e efeito borboleta.

Next »